Conecte-se conosco

Listas

8 motivos que provam que The Walking Dead não é uma série apenas sobre Zumbis

Publicado

em

The Walking Dead atualmente é uma das séries com maior audiência e maior retorno comercial da AMC. Inspirada nos quadrinhos escritos por Robert Kirkman, a série de TV é constantemente criticada pelo público dizendo que se trata apenas de uma série sobre zumbis. Esse público geralmente não conhece a essência a real essência da série, que também discute outros temas, mesmo se passando em um apocalipse zumbi. Por isso conheça 8 motivos que provam que The Walking Dead não é uma série apenas sobre Zumbis:

1. Lutar pela sobrevivência

Sim, este pode ser um motivo que nos liga ao fato da série se passar sem um apocalipse zumbi. Lutar pela sobrevivência é o que se espera de um grupo de pessoas, que são colocados a prova, quando zumbis começam a exterminar seus amigos e familiares. Essa luta é mostrada sobre uma outra ótica, o que faz com ela seja muito mais que uma história sobre zumbis. The Walking Dead não é uma série apenas sobre Zumbis

2. Relações Familiares

O apocalipse zumbi não foi suficiente para apagar algumas ideologias conhecidas pela sociedade, antes que parte deles perdesse sua humanidade. Ainda que muitos deles não tenham conseguido manter uma vida digna, esses padrões foram mantidos. O lugar de um pai e de uma mãe, ainda garantem a boa sobrevivência entre alguns personagens. The Walking Dead não é uma série apenas sobre Zumbis

3. Reestruturação da Sociedade

Ainda que esse momento não tenha chego com mais destaque, Rick e seu grupo são um dos poucos sobreviventes que buscam se estabelecer em sociedade novamente. Mesmo os grupos que se mostram contrários ao tipo de vida escolhido por eles, também se organizam em grupos, que no final das contas fazem com que uma nova sociedade esteja surgindo.

4. Encontros e Desencontros

Mesmo que o motivo de alguns desencontros seja o momento atual, onde em sua realidade, eles precisam superar uma orda de zumbis. Os sobreviventes em algum momento são confrontados e precisam dizer adeus uns aos outros. Seja com a morte ou pelo simples fato de buscarem outros objetivos para si. Nem todos os personagens buscam uma sociedade organizada ou resolver os problemas.

5. Casos de Família

Se você já leu os quadrinhos ou já assistiu a primeira temporada de The Walking Dead, sabe que Rick acordou em meio há um apocalipse zumbi em um hospital, após um acidente de trabalho, que acabou o deixando baleado. Acordando sozinho e sem entender o que estava havendo, o personagem foi recobrando sua consciência, chegando a encontrar sua família e descobrindo que seu melhor amigo, acabou tendo um caso com sua esposa, Lori Grimes.

6. Existe um futuro?

Com a chegada da oitava temporada em seu primeiro trailer, uma imagem de Rick Grimes possivelmente despertando em uma cama de hospital com um visual muito próximo aos acontecimentos dos quadrinhos, onde após a batalha contra Negan, pode referenciar fielmente ao clamor dos fãs, para que Rick não esteja em um sonho.

7. Desfecho e mais teorias

A possibilidade de um desfecho a The Walking Dead com Rick Grimes despertando de um coma, assusta muitos fãs da série e as reações na maioria demonstram certa revolta, caso Robert Kirkman resolva seguir essa teoria criada pelos próprios fãs da franquia. Fato que gera muitas especulações, mas que definitivamente pode ser uma verdade dolorosa.

8. É apenas uma história de ficção

Que zumbis não existem isso é um fato. Quando Robert Kirkman resolveu criar este universo, o que se sabe é que os zumbis não são os protagonistas e sim o meio. De fato, o que importa são as pessoas que sobreviveram e o quão difícil poderá ser sua reorganização e que mesmo em um caos, o ego do seres humanos, ultrapassam suas reais necessidades.

Leia mais sobre The Walking Dead

Publicidade
Comentários

Facebook

Publicidade

Mais recentes

Publicidade

Trending