Livros

As Luzes Mais Brilhantes, de Augusto Alvarenga | Resenha

O mais recente romance do autor Augusto de Albarenga foi lançado em julho pela Editora Alto Astral. Ao longo de 205 paginas somos convidados a acompanhar um drama familiar (na minha classificação) que pode acontecer com mais pessoas do que possa-se imaginar. Mesclando uma boa dose de realidade, o autor surpreende na execução do plot central do livro e entrega personagens cativantes e que sabem abraçar sua própria jornada.

Mas do que exatamente o livro trata? Essa é uma conclusão que pode variar de leitor para leitor, propositalmente ou não, a escrita do autor oferece essa liberdade. Muito provavelmente se você conhece um amigo que já passou por algo parecido, o enredo do livro pode variar e essa é uma experiência bacana.

Como leitor assíduo de Ficção Científica, Terror e Suspense, entre leituras mais pesadas sempre equilibro com uma leitura mais despretensiosa (não entenda, falta de qualidade), leituras que principalmente ao seu final nos abra algum questionamento e com As Luzes mais Brilhantes, esse objetivo é rapidamente alcançado.

O personagem principal Julién é muito competente em toda sua execução. Com algumas feridas que adquiriu ao longo da vida, o personagem teria tudo para ser um daqueles protagonistas que você odiaria, em decorrência de suas atitudes e a medida que você vai avançando na leitura, esse sentimento de estranheza é alterado para alguns questionamentos e principalmente os que nos levam a pensar na possibilidade de acontecer consigo mesmo.

Com leveza e agilidade, a escrita de Augusto Alvarenga se encarrega de colocar personagens coadjuvantes que elevam ainda mais o nível da história em que ele objetiva contar. Nem sempre tramas como estes rendem uma resultado inesperado e que consiga cativar o leitor, até por que é um tema que é muito trabalhado por autores de romances, mas o grande diferencial, está na condução eficiente do autor.

Nota: ✩✩✩

Título: As Luzes Mais Brilhantes
Editora: Astral Cultural
Autor: Augusto Alvarenga
Capa: Brochura
Valor: R$ 34,90
Quantidade de Páginas: 205
Sinopse: Julién passou por uma fase terrível e seu coração ainda está despedaçado. Agora, ele decidiu viver um dia após o outro, tentando compreender as particularidades dessa cidade enorme que é São Paulo, onde ele vive, mas se sente sozinho. Porém, um dia, quando cruza a Avenida Paulista de bicicleta, ele tromba com Bruna, a aprendiz de cineasta mais diferente que já viu. Por causa desse momento tão inesperado – e quase trágico -, eles decidem tomar um café. E, depois desse café, nada mais foi como antes. Talvez algo possa surgir entre as luzes mais brilhantes da Paulista e repetidos cafés no Starbucks. Talvez eles – e os leitores – possam descobrir se e existe ou não amor em SP.

Livro cedido para Resenha pela Editora Astral Cultural.

Leia mais sobre Livros