Livros

O toque da Vampira, de Christine Woodward | Resenha

Se você é fã dos quadrinhos certamente este livro é altamente indicado para você. Lançado pela Editora Novo Século em 2014, O toque da Vampira apresenta um novo olhar sobre as produções da Editora. Focado em Anna Marie, mais conhecida como Vampira e uma importante mutante do Universo Marvel. Ultrapassando barreiras a Marvel convidou Christine Woodward para escrever um  romance tendo como protagonista a Vampira e outros importantes personagens mutantes. O resultado disto tudo? Uma nova forma de conhecer ainda mais a trajetória da personagem.

O toque da Vampira é um livro que consegue manter o seu ritmo do início ao fim. Não há perda de ritmo na escrita da autora, há uma preocupação constante em apresentar os personagens e isso facilita a leitura para os leitores que não tiveram contato com a personagem nos quadrinhos e filmes, o que seria quase improvável. Essa preocupação estende-se por todo o livro, quando a autora busca descrever com riqueza de detalhes os acontecimentos que marcam suas 328 páginas.

Anna Marie, a Vampira fez sua primeira aparição nos quadrinhos na revista The Avengers Annual #10 em agosto de 1981. Criada por Chris Claremont e Michael Golden, a personagem figura entre as mais célebres personagens femininas dos quadrinhos. Essa era uma grande preocupação quando resolvi ler o livro, a autora conseguiria transformar a personagem em protagonista de um romance? O resultado é surpreendente.

A trama do livro não apresenta uma ligação cânone com as histórias da personagem nos quadrinhos, mas é interessante como ela foi desenvolvida, a carga emocional de Anna Marie (Vampira) é refletida de forma simples, sendo quase impossível o leitor não se identificar com alguns acontecimentos ao longo do livro. A escrita de Christine Woodward não decepciona, ainda que em alguns momentos o que ajuda na descrição dos personagens é utilizado com certo excesso para personagens que não deveriam ganhar o destaque recebido, tornando o livro auto-explicativo demais.

De forma geral, O toque da Vampira inaugura uma nova era nas publicações de livros no Brasil, focando em um nicho de leitores acostumado com os lançamentos em quadrinhos, séries de TV e filmes dos personagens da Marvel. Considerando essa nova mídia é uma nova estreia. O livro apresenta uma trama simples e bem desenvolvida. Vale lembrar que para ler o livro, você não precisa ser um conhecedor das histórias em quadrinhos. A autora preocupa-se em apresentar o mundo de Anna Marie (Vampira) de uma forma que desde o leitor mais fervoroso até aquele que nunca leu sobre a personagem, entender a personagem e se situar no livro.

O toque da Vampira é uma leitura que não deve ser ignorada pelos fãs da Marvel, muito menos por consumidores de livros mais fervorosos.

Nota: ✩✩✩✩

Título: O toque da Vampira
Editora: Novo Século
Título Original: Rogue Touch
Autora: Christine Woodward
Tradução: Caco Ishak
Ano de Publicação: 2014
Capa: Brochura
Valor: R$ 39,90
Quantidade de Páginas: 325
Sinopse: Anna Marie é uma garota estranha. Ela se veste… de maneira diferente: coberta dos pés à cabeça, sendo seu rosto a única pele à mostra. Mas ela não tem escolha. Sua pele, seu toque, é uma arma mortal que deve ser escondida. Um acidente leva Anna Marie a fugir para o Mississippi. Lá ela conhece James, e tudo muda. Ele é simplesmente igual a ela: solitário, e também em fuga. Para escapar da misteriosa e perigosa família de James, a dupla põe o pé na estrada e, à medida que atravessam o país, passam a compartilhar seus passados repletos de segredos. “Uma interessante faceta da Vampira, e de como seus poderes a levam para um caminho que eu jamais teria imaginado.” Chris Claremont, coautor de Dragon Moon e escritor por dezessete anos de Astonishing X-Men. “Um capítulo perdido do passado de Vampira, contado com elegância, segurança e atenção aos detalhes. Extremamente divertido!” Mike Carey, autor dos livros da série Felix Castor e escritor de X-Men:Legacy.

Leia mais sobre Marvel