Conecte-se conosco

Séries de TV

Powerless – 1X04: Emily Dates a Henchman | Crítica

Publicado

em

Se há uma série que durante a exibição de seus dois primeiros episódios correu sérios riscos de cancelamento, essa é Powerless. Com roteiro e elenco mediano, a série que conta com uma proposta interessante, poderia não ter alcançado um novo patamar com as mudanças realizadas a partir do terceiro episódio, que deram um novo ar à série. Aproveitando um pouco mais de seu elenco, o quarto episódio ainda centrado na protagonista Emily Locke (Vanessa Hudgens), mas aproveita melhor a sintonia do restante do elenco, e isso tem tornado a série um pouco mais interessante.

Em Emily Dates a Henchman, uma série de referências ao Batman são apresentadas ao telespectador, contando até com a aparição da Batarang e dos capangas do Coringa. Tudo começa com uma desculpa pífia de Emily que está com dor de cotovelo pelo casamento de um ex-namorado, focada em mostrar-se superior a personagem resolve sair para uma ‘Noite das Garotas’, com Jackie e Wendy, o que já seria para tornar a noite cômica demais. O elenco que demonstrava falta de sintonia em algumas cenas, parece encontrar neste episódio o caminho das pedras.

Se havia uma preocupação pela falta de identidade da série, o quarto episódio é um divisor de águas para Powerless, muito mais ciente do que deseja mostrar ao público, a série coloca o pé de vez no gênero comédia e não posta na invenção da semana no episódio, apenas foca em situações controvérsias que acabaram gerando bons resultados.

Com as garotas da série focadas em ajudar Emily, sobra para os garotos da série a investigação do vilão da semana e mostrar ainda mais sintonia que o elenco feminino. Apesar do episódio centrado em Emily, que rouba a atenção é Van, Teddy e Ron. As cenas dos personagens foram mais engraçadas e agregaram mais ao episódio, assim como o desfecho do interesse amoroso da protagonista. Com o elenco mais afiado, Van chama atenção pelo seu humor impecável e atuação de Alan Tudyk, o ator tem mostrado o melhor desempenho de todo o elenco e tomando-se para si as melhores cenas ao longo dos 22 minutos de episódio.

Era impossível prever que Powerless poderia tornar-se interessante diante de tantos erros primários, mas o roteiro de Neel Shah parece dar fôlego à série que não poderia ter escolhido uma casa (NBC), um tanto perigosa. A emissora é conhecida por não renovar suas séries com baixa audiência, ainda que mantenha um número estável, está abaixo do esperado para uma emissora de TV aberta e o futuro ainda é incerto para Powerless.

Finalmente é possível compreender que o projeto da DC em produzir sua primeira série de comédia está tomando forma. Infelizmente foi preciso errar nos primeiros episódios para construção de um episódio que basicamente reinicia a série e a eleva há outro patamar, das boas séries de comédia. Ainda é cedo dizer que Powerless é um grande acerto na TV, mas se continuar trilhando este caminho, a audiência corresponderá em breve, resta saber se a NBC terá paciência para colher estes frutos futuramente.

Emily Dates a Henchman funciona como um episódio repleto de referências ao Universo DC, estritamente ligado ao Batman. Não apostar na invenção da semana, foi o grande acerto da série que pode ter encontrado um trunfo, em focar na relação destes cinco personagens e deixar a Wayne Enterprises em um segundo plano.

Nota: ✩✩✩✩

Título: Powerless
Título Original: Powerless
Episódio: 1X04 – Emily Dates a Henchman
Exibição: NBC (EUA) | Warner (Brasil)
Lançamento: 23 de Fevereiro de 2017 (EUA)
Elenco: Vanessa Hudgens, Alan Tudyk, Danny Pudi, Christina Kirk, Ron Funches, Jennie Pierson, Marc McClure, Bill A. Jones, Josh Breeding, Kimani Ray Smith, Atlin Mitchell e Graeme Duffy
Direção: Matt Sohn
Roteiro: Neel Shah
Produtores: Ben Queen e John Myrick

Leia mais sobre Powerless

Facebook

Publicidade

Mais recentes

Publicidade

Trending