Séries de TV

Powerless – 1X05: Cold Season | Crítica

Com o avançar da temporada de estreia de Powerless, aparentemente a série está tomando novos rumos e focando em novas situações e personagens. A rejeição inicial e o quase massacre pelos fãs e crítica, tem privilegiado a série com alterações que começam há fazer mais sentido e dar um novo tom aos episódios. Se no episódio de estreia conhecíamos uma série com pouca identidade e por momentos confusa, os roteiristas e produtores da DC, estão acertando os eixos e provando que ainda há um futuro promissor a ser explorado.

A série que deixou de apostar na criação da semana, assim como séries que possuem seus casos da semana, Powerless tem focado mais em seus personagens e em suas interações com cada um deles. Dando uma nova identidade à série, o tiro foi quase certeiro, restando poucas alterações a serem realizadas e acompanhadas nos próximos episódios.

No quinto episódio da temporada, vemos Emily e Cia tentando ganhar uma competição promovida pelas Indústrias Wayne que visa estimular seus funcionários para criação de novas inovações e vendo uma oportunidade, Emily acaba empolgando um dos membros de sua equipe, Teddy. Mal saberia que ele já se inscreveu em edições passadas e o resultado seria catastrófico. Alertada pelos demais integrantes, ela não tem opção em dizer que seu colega de trabalho, estava entre os finalistas, causando uma grande expectativa no mesmo.

Cold Season, mostra um pouco mais do trabalho dos atores que melhoraram sua interação uns com os outros, fazendo com que o roteiro ágil que a série passou à adotar, seja bem executado pelo elenco. Há alguns destaques no episódio, mas novamente Van (Alan Tudyk) rouba a cena para si, com poucas aparições em relação ao episódio interior, quando atuou quase que como protagonista da série. A interação de Van e Ron (Ron Funches) rende algumas boas cenas, facilmente uma das melhores dos episódios já exibidos. Essa mudança de interação de alguns personagens, entregam aos roteiristas e produtores, uma oportunidade de testar novos plots à história no decorrer desta temporada.

Vale lembrar que os diálogos do episódios estão mais dinâmicos e algumas cenas você precisa estar atento para não perder os detalhes e as referências ao Universo DC. Se Powerless será renovada para uma segunda temporada, ainda é uma incerteza e pode ser um pouco cedo para falar sobre o assunto, mas é fato que este episódio contribuiu muitos mais com os verdadeiros objetivos da DC em apresentar sua primeira série de comédia. E algumas piadas começam a fazer mais sentido.

Ao final do episódio, temos mais uma mensagem positiva que foi trabalhada ao longo dos poucos mais de 20 minutos de duração do episódio, o quão importante deve ser um trabalho de equipe e em caso de rupturas o quão importante é o diálogo que deve ser gerado pelas pessoas envolvidas. Ainda que seja uma série de comédia e que não deve ser levada à sério, Powerless preocupa-se em mostrar uma mensagem ao seu público, ainda que desnecessariamente, mas não onera o seu resultado final. O episódio é mais contribuição positiva para que a NBC entenda o projeto e talvez a dê uma oportunidade no futuro.

Nota: ✩✩✩

Título: Powerless
Título Original: Powerless
Episódio: 1X05 – Cold Season
Exibição: NBC (EUA) | Warner (Brasil)
Lançamento: 9 de Março de 2017 (EUA)
Elenco: Vanessa Hudgens, Alan Tudyk, Danny Pudi, Christina Kirk, Ron Funches, Jennie Pierson, Marc McClure, Bill A. Jones, Josh Breeding, Kimani Ray Smith, Atlin Mitchell e Graeme Duffy
Direção: Clark Mathis
Roteiro: Amy Mass
Produtores: Ben Queen e John Myrick

Leia mais sobre Powerless