Livros

Rebelde (As Crônicas de Starbuck #1), de Bernard Cornwell | Resenha

Lançado em 2014 pelo Grupo Editorial Record, Rebelde é a mais recente saga de ficção histórica criada pelo autor Bernard Cornwell, responsável por publicar mais de 40 livros e importantes sagas literárias, entre elas: As Crônicas de Artur, A Busca do Graal, As Aventuras de Sharpe e As Crônicas Saxônicas. O livro apresenta mostra a habilidade do autor em contar uma grande história, tendo como cenário importantes acontecimentos históricos americanos. A Guerra da Secessão é o grande pano de fundo do livro.

A Guerra da Secessão (conhecida como Guerra Civil Americana ou Guerra Civil dos Estados Unidos) aconteceu entre 1861 e 1865 nos Estados Unidos, onde separou o País em Norte e Sul, onde cada lado lutava por seus ideais.

Nathaniel Starbuck é o protagonista da história e carregava com si a responsabilidade do subtítulo do livro, que deve desenvolver-se ao longo das publicações já realizadas em solo americano e inéditas no Brasil. Filho do Reverendo Elial Starbuck, é natural de Boston. Conhecemos o personagem desbravando as Terras do Sul, em Richmond, na Virgínia. O nortista como é apresentado, procura por novos desafios em uma cidade rival à sua, o que coloca o personagem em sua primeira grande batalha. É com a ajuda de Washington Faulconer que ianque tentará reconstruir sua vida, após passar por uma desilusão amorosa. Nathaniel abandona os estudos de Teologia para buscar novas perspectivas para o seu futuro, mesmo sem a aprovação de sua família.

Ciente do contexto histórico em que o livro está pautado, não somos apresentados aos motivos em que levou à este atual estado de guerra, o livro já começa no centro dos acontecimentos e no auge da rivalidade entre o Norte (Boston) e o Sul (Vírginia). Isso acaba fornecendo ao leitor uma cena de abertura repleta de intensidade e chocante. O que faz com que o enredo do livro desenvolva-se habilmente ao longo de suas 392 páginas.

Bernand Cornwell sabe como entregar um livro cheio de reviravoltas ao leitor, com sua vasta experiências em romances de ficção histórica, o autor não perde tempo na contextualização dos personagens, bem como seu desenvolvimento neste primeiro livro. Sem lotar o livro com personagens descartáveis, Rebelde, apresenta um número suficiente de personagens apresentados e desenvolvidos para contar uma grande história, que naturalmente ligam-se à Nathaniel Starbuck. O autor usa elementos que em alguns momentos representam uma crítica aos acontecimentos que levaram a Guerra de Secessão. Fato comum em outras obras do autor. Anna Faulconer, Ridley, Sally e Thomas Trusllow, são alguns dos personagens bem desenvolvidos por Cornwell, a importância de suas ações ao longo do livro faz com que a história do protagonista seja mais bem apresentada.

Rebelde, conta com um protagonista interessante. A intenção do autor em fazer com que o leitor já se apegue ao personagem nas primeiras páginas do livro é válida, isso apenas engrandece o talento de Bernard Cornwell em entregar bons heróis em suas produções literárias, sendo assim um de seus grandes trunfos e maiores certezas, de nós leitores já acostumados com a escrita do autor.

O livro desenvolve-se em um clímax que torna a leitura interessante, a batalha entre abolicionistas e escravagistas responsável por movimentar as ações dos personagens ao longo do livro, atinge seu ápice, nas últimas páginas, quando de fato somos presenteados com as melhores cenas. As cenas da primeira batalha de Manassas, que historicamente aconteceu em 21 de julho de 1861, mostra todo o potencial de Cornwell em escrever cenas de guerra.

Rebelde é visceral e mostra Bernard Cornwell entregando ao leitor, fã de seus livros e aqueles que buscam um romance de ficção história que não decepciona, ao contrário, lhe surpreende do início ao fim.

Nota: ✩✩✩✩✩

Título: Rebelde (As Crônicas de Starbuck #1)
Editora: Grupo Editora Record
Título Original: Rebel
Autor: Bernard Cornwell
Tradução: Alves Calado
Ano de Publicação: 2014
Capa: Brochura
Valor: R$ 44,90
Quantidade de Páginas: 392
Sinopse: Durante o verão de 1861, os exércitos do norte e do sul dos Estados Unidos se preparam para travar o que entraria para a história como a Guerra de Secessão. Rebelde é a fantástica história de como o jovem nortista Nathaniel Starbuck se rebela e luta a favor dos sulistas. Abandonado pela mulher que julgava amá-lo e afastado da família, Nathaniel chega a Richmond, na Virgínia, capital da Confederação sulista. Lá, depara-se com uma turba acossando nortistas e tenta não se envolver. Porém, quando percebe que seu sobrenome é capaz de gerar uma fúria ainda maior — pois é filho do reverendo Elial Starbuck, grande defensor de ideias antiescravagistas —, é resgatado por Washington Faulconer, um milionário excêntrico que deseja reunir uma companhia de elite para lutar contra os ianques. Como forma de gratidão, Nathaniel se alista na Legião Faulconer, mesmo sabendo que isso significa ter de lutar contra o próprio povo. Outros cidadãos enfrentam dilemas semelhantes, no entanto, em pouco tempo, todos se renderão ao caos e à violência que dividiu a América em duas.

Saiba onde comprar, clicando aqui!

Leia mais sobre Bernard Cornwell