Cinema

Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith | Crítica

Talvez um dos melhores filmes da franquia Star Wars, o Episódio III tem a importante missão em equiparar as críticas realizadas na segunda trilogia lançada por George Lucas. Marcado por um alguns spoilers para que não assistiu a Trilogia Original, mas cumpre com seu objetivo, dando respostas à tudo que havia sido planejado para os principais personagens da franquia.

O filme se passa três anos após o início das Guerras Clônicas, evento esse movimentou boa parte de outras produções da franquia, sendo sempre citado. A Guerra durou cerca de 3 anos no Universo Star Wars, colocando a República Galáctica e a Confederação dos Sistemas Independentes em batalha. A Guerra ficou marcada pelo exército da República ser formada pelos clones de Jango Fett, um importante caçador de recompensas, que vivia no planeta Kamino (eventos abordados com ênfase no Episódio II). A trama do filme é iniciada mostrando Anakin Skywalker (Hayden Christensen) e Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor) em uma missão de resgate ao enigmático Chanceler Palpatine (Ian McDiarmid).

O Episódio III, preocupa-se em conduzir algumas tramas para sua finalização e para que fique o mais próxima possível do que foi apresentado na Trilogia Original. É inegável a importância à continuidade de Star Wars, com este filme. Os erros cometidos no roteiro e toda produção nos dois primeiros filmes da nova trilogia, parecem responsabilizar A Vingança dos Sith em resolver toda a problemática, pouco desenvolvida nos filmes anteriores. Isso de fato, carrega o filme em alguns momentos, tornando algumas tramas dispensáveis e não justificada, dada a importância de que este episódio representa na franquia.

O resultado do filme é muito previsível, dada a forma em que Star Wars foi estruturada ao longo dos anos. Os lançamentos desordenados acabam retirando a surpresa de algumas tramas, não despertando a curiosidade do telespectador e para os mais esperançosos, novas tramas que passaram despercebidas ao longo dos cinco filmes já lançados.

Esse provavelmente é o episódio de Star Wars com maior foco no lado sombrio da força, sendo justificado já que um dos maiores vilões e ícones da cultura pop teria sua ‘origem’ contada neste momento. Anakin Skywalker é o grande protagonista deste episódio, não que sua participação nos episódios anteriores sejam mínimos, mas essa era a última oportunidade de consolidar nos cinemas, as motivações que vinham sendo mostradas na trilogia original e na que se encerra com o Episódio III. O grande ápice do filme é a rendição de Anakin ao lado sombrio da força, bem como sua transformação em Darth Vader.

Palpatine finaliza o seu plano de sedução de Anakin para o lado sombrio da força, bem como seus planos para acabar com a República e transformação da Galáxia em um Império, culminando na execução da Ordem 66 que determinava a morte de todos os Jedi. Como era de esperar, até mesmo pelo que já se conhece da franquia é que alguns poucos sobreviventes seriam mostrados ao final do filme, entre eles: Kenobi e Yoda são um dos sobreviventes mais notáveis.

George Lucas acerta mais no roteiro do Episódio III, do que nos demais episódios, mas há uma forte inclinação do roteiro de todos os filmes da trilogia em justificar acontecimentos já conhecidos pelo público, perdendo oportunidade em trabalhar melhor outros personagens e tramas. Um exemplo de personagem pouco desenvolvido é o vilão da trama, o General Grievous. Ainda que com uma boa motivação, o visual de Grievous é cartunesco e sua execução não contribui com o andamento do filme. O Episódio III foca na queda de Anakin e na apresentação do que viria a se tornar o Império. Há ainda espaço para aparições de Padmé Amidala, que agora carrega os filhos de seu romance com Anakin, que futuramente seriam conhecidos como Leia e Luke, os gêmeos protagonistas da Trilogia Original.

Inevitavelmente o resultado do Episódio III é satisfatório para uma trilogia que começou com diversas críticas por parte até mesmo dos fãs da franquia, mas não absorve todo seu potencial, desperdiçando algumas boas tramas e personagens com o desejo incessante em justificar-se à todo momento.

Nota: ✩✩✩✩

Título: Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith
Título Original: Star Wars: Episode III – Revenge of the Sith
Estúdio: Lucasfilm | 20th Century FOX
Lançamento: 19 de Maio de 2005
Gênero: Space Opera, Ficção Científica e Fantasia Científica
Elenco: Ewan McGregor, Natalie Portman, Hayden Christensen, Ian McDiarmid, Samuel L. Jackson, Christopher Lee, Anthony Daniels, Kenny Baker e Frank Oz
Duração: 2h20min
Direção: George Lucas
Roteiro: George Lucas
Produção: Rick McCallum

 

Leia mais sobre Star Wars